Treino Funcional para Corredores

Funcional pode ser a melhor forma para melhorar o condicionamento para sua corrida.

Correr ao ar livre contemplando as belas paisagens do Rio de Janeiro é um dos grandes diferenciais que a cidade Maravilhosa proporciona a seus moradores. Lagoa Rodrigo de Freitas, a orla da Praia, Paineiras, pista Cláudio Coutinho são apenas alguns dos pontos turísticos que são fonte de inspiração para os corredores.

Porém nem tudo são flores na vida de um corredor. Estudos apontam que aproximadamente 50% dos corredores de rua convivem ou irão ser acometidos por algum tipo de lesão. As partes do corpo mais acometidas são pés, tornozelos e joelhos, representando mais de 80% do número total de lesões em estudo feito por Araújo et al (2015). Algumas das lesões mais comuns são a Síndrome na banda ílio tibial ( dor na lateral do joelho), fascite plantar (inflamação na planta do pé), condromalácia patelar ( atrito excessivo entre patela e fêmur), tendinite no tendão de aquiles (inflamação no tendão calcâneo) e estiramento muscular( panturrilha e coxa).

O maior erro do corredor é acreditar que, trocando o tênis X pelo Y , irá se ver livre de lesões e que seu desempenho irá melhorar. Não há como esperar que um tênis corrija um desequilíbrio muscular e/ou um desalinhamento articular causado pelo hábito de passar horas do dia sentado. O Treino Funcional para corrida deve iniciar com a liberação miofascial ( auto massagem para reequilibrar as forças musculares), mobilidade (alongamento com força) e fortalecimento funcional têm como objetivo diminuir as compensações músculo-articulares, fazendo com que o corredor economize energia durante sua corrida através da melhora de sua técnica e ganho de força.

Publicado por sportperformancebrasil

O idealizador do projeto é Eduardo Brasil, que estudou com Michael Boyle em Boston – EUA, em uma das maiores referências em treinamento físico do mundo. Além de ser pós graduado em Treinamento de Força e Desenvolvimento Motor, Eduardo fez o curso de formação em Trilhos Anatômicos (AT1 e AT2) e também é sócio diretor-técnico do Studio de Treinamento Funcional da ABR FUNCIONAL, localizado em Botafogo. Montamos um WORKSHOP sobre Mobilidade e Auto Liberação Miofascial, que apresenta uma metodologia inovadora para reduzir drasticamente o índice de lesões e potencializar o resultados dos alunos. Esta metodologia é utilizada em nosso Studio e também em equipes da NBA, Bayern de Munique, Corinthians e Flamengo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: